clases de verano muy ponto esten atentos con el grupo de capoeira NEGREIROS DO BRASIL 

HISTORIA DO MESTRANDO PEQUENO

PEQUENO Como; Igor Lopes de Souza Moraes nascido em Diadema/São Paulo no dia 29 de junho do ano 1979.

Começo a sua historia na capoeira no ano 1982, com apenas três anos de idade, admirado ele observava as aulas de uma academia que tinha do lado da casa dele, assim iniciou a paixão pela capoeira; ele observava os movimentos e começo a praticar sozinho em sua casa e nas ruas, a família não tinha recursos financeiros para pagar uma academia para ele, mas voluntariamente ele se dedicou a treinar. Quando chego aos oito anos de idade, ele teve a oportunidade de entrar em uma academia chamada na época associação de capoeira Garoto de Princesa com quem treinava com o mestre DAMIÃO, ele entrou já sabendo de muitas coisas da capoeira, com o recurso financeiros dele chegava a pagar a mensalidade com o trabalho que fazia para o mestre como: chegar sempre mais sedo para limpar toda a academia antes do treino, buscava madeira no mato para fazer os berimbais, não deixava faltar pedras, baquetas e arames para os berimbais; na época do batizado ele chegava fazer de 80 a 100 cordões para pegar sua própria troca de graduação. Ele ficou na academia ate a graduação azul que na época era a terceira graduação, ficou treinando durante seis anos na academia; depois seguiu o seu caminho sozinho treinando por si próprio, visitando rodas de rua eventos e academias.

Pequeno começou dar aula para um grupo de amigos que ele denominou ciganos da capoeira porque o grupo não tinha endereço fixo; um dia apareceu na academia do pequeno um professor conhecido como Buda na época, que ensino muitas coisas e marcou muito sua trajetória na capoeira, hoje é conhecido como mestre BENE e até hoje tem um respeito enorme por ele.

No ano 1992, pequeno conheceu Ana Paula Borges, hoje conhecida como mestre BORRACHINHA. Na época era contra mestre, Pequeno chego treinar muito tempo com ela aprendeu coisas da capoeira. De 1992; em diante pequeno começou ser reconhecido no mundo da capoeira e hoje presidente e fundador do grupo de capoeira negreiros do Brasil. Desenvolve o seu trabalho no Brasil na Bolívia e Cuba. Pequeno tem como mestre e madrinha do grupo negreiros do Brasil, a mestre Borrachinha

Hoje conhecido como mestrando PEQUENO continua sua historia de luta e paixão no mundo da capoeira treinando ensinando e desenvolvendo suas habilidades na cabeça, coração e no corpo